Validação no Adobe Reader

O software Adobe Reader não reconhece por padrão as assinaturas realizadas pelos Certificados Digitais A1 emitidos pelo ICP-Brasil.

Por esse motivo, o software Adobe Reader pode alertar o usuário de que a assinatura da ZapSign é inválida.

Para resolver a questão, é necessário importar e definir como uma das fontes confiáveis do seu Adobe Reader a cadeia de certificados da Autoridade Certificadora SERPRORFBv5 (Serviço Federal de Processamento de Dados da Receita Federal do Brasil).

Atenção: O passo-a-passo a seguir apenas é uma configuração opcional do Adobe Reader instalado na sua máquina. Independentemente disso, o documento da ZapSign está devidamente assinado e com sua integridade garantida. A mensagem informada pelo Adobe Reader é apenas pela falta da cadeia de certificado SERPRORFBv5 no seu Adobe. Se não quiser seguir o passo-a-passo, valide seu documento pelo ITI ou pelo Verificador da ZapSign.

Passo-a-passo para configurar seu Adobe Reader:

1. Baixe a cadeia de certificados da Autoridade Certificadora SERPRORFBv5 clicando aqui ou pelo link https://certificados.serpro.gov.br/acserprorfb/certificate-chain

2. Importe o certificado no Adobe Reader

Abra o Adobe Reader e clique em "Editar" e "Preferências"

Clique em "Assinaturas" e na seção "Certificados confiáveis e de identidade" clique em "Mais..."

No menu da esquerda, clique em "Certificados confiáveis" e selecione "Importar"

Na seção "Contatos", clique em "Procurar..." e selecione o arquivo que você baixou no 1º passo

Na seção "Contatos", clique no item "Autoridade Certificadora SERPRORFBv5" que apareceu. Na sequência, na seção "Certificados", clique no item que apareceu também com o nome "Autoridade Certificadora SERPRORFBv5"

Clique em "Confiar..." e habilite a opção "Utilizar esse certificado como uma raiz confiável" e clique em "OK"

Por fim, clique em "Importar".

Clique em OK e feche todas as janelas. Reinicie o Adobe Reader e abra um documento assinado na ZapSign.

Pronto! Seu Adobe agora está configurado e pronto para validar corretamente as assinaturas baseadas em certificados emitidos pelas entidades subordinadas à Autoridade Certificadora Raiz Brasileira. O resultado deve ser parecido com isso: